Porque você não vai gostar de morar em Wellington, Nova Zelândia

IMG_0047

Este mês tem 6 meses que me mudei para Wellington, capital da NZ, de mala e cuia. Sem saber exatamente o que me esperava, porque nunca havia visitado o país ou a cidade, vendemos nosso carro, deixamos a casa para alugar e nos desfizemos do maior número possível de coisas. O que não conseguimos vender, parte foi doado, parte ficou no sótão da casa dos meus pais.

Sou apaixonada pelo país e mais ainda pela cidade. Mas essa é a minha opinião. a minha realidade. O que não a torna necessariamente uma verdade absoluta, nem quer dizer que você vai gostar de morar aqui!

As dificuldades que tivemos para imigrar foram por assuntos pessoais e nenhuma (exceto a demora do visto do meu filho) foi pelo fato de termos imigrado para NZ.

Já li e ouvi muitas pessoas falarem de como é difícil se adaptar aqui, mas minha experiência é distinta. Sim, tem as dificuldades de sentirmos falta dos amigos e da família, dos primeiros meses eu estranhar muito não ver gente pelas ruas…da sensação de inadequação por ficar em casa a maior parte do tempo (provavelmente sentiria o mesmo se ficasse assim no Brasil). O fuso de 15 horas dificulta falarmos com quem amamos na hora que queremos e a distância grande, faz com que não possamos estar com amigos e família de uma hora para outra, seja para celebrar ou para nos fortalecermos nas horas difíceis. Mas a adaptação em si, a cultura e ao local, foi muito rápida. Logo nos sentimos em casa, no lugar certo.

Você não vai gostar de morar aqui se não gosta de ter contato diário com a natureza. Simples assim. A cada 2-3 minutos que andamos em uma direção diferente, há uma nova paisagem. Como brincou um casal de amigos ao visitar a cidade este mês: “Ainda não achamos um lugar feio aqui”. Seis meses depois, eu também não.

IMG_20170418_120420

Você não vai gostar de morar aqui se não gosta de cultura. Museus, esculturas, street art, galerias, eventos de música, cultura maori, etc e etc gratuitos o tempo todo. Tantos que mesmo sendo apaixonada por isso, não consigo ir a todos que desejo.

Estranho quem diz que não há o que se fazer em Wellington! Todo mês recebemos pelos correios um livreto chamado Our Wellington, um guia gratuito do que fazer na capital durante o mês.

Só para exemplificar, neste mês, entre outros eventos, o guia comentava e nos convidava para:

  • Passeio noturno guiado pelo zoológico
  • Matairangi Nature Trail, uma nova trilha para passeio de todas idades
  • Tour gratuito nos meses de inverno para explorar e conhecer melhor o Jardim Botânico local, Otari Wilton´s Bush e Truby King Park (não conheço ainda os 2 últimos)
  • Inúmeros eventos gratuitos de celebração do Ano Novo Maori, o Matariki
  • Kia Mau Festival, um festival de dança com duração de 3 semanas
  • Concerto de música contemporânea dentro do Observatório Espacial Carter

IMG_0473

Você não vai gostar de morar aqui se gosta de trânsito, prédios arranha-céus para todos os lados, barulhos, luzes e agito de uma metrópole. Como na foto acima, aqui parece uma cidade do interior…mas provavelmente como era uma cidade do interior do Brasil a muitas décadas atrás. É comum você andar várias ruas e não ver comércio nenhum. Lojas, restaurantes, academias, petshops, etc, ficam mais restritos a centros comerciais.

img_20161226_163525

Você não vai gostar daqui se não gosta de trilhas e passeios ao ar livre. Praias como a da foto acima, muita vezes, são acessíveis de carro somente até uma parte. No local onde essa foto foi tirada, fizemos uma trilha com total de 16 km.

img_20161230_160208

Você não vai gostar daqui se vive um ritmo muito acelerado. Viver na NZ, especialmente em Wellington, é entender e apreciar que as quatro da tarde já é hora de encerrar o trabalho, e se estiver sol, aproveitar para beber e comer com os amigos no Waterfront, ou levar os filhos para passear e brincar na praia, ou no parquinho…

Além disso tudo, se você faz questão de ter muitas variedades de marcas, lojas, shoppings, certamente sua adaptação será muito mais difícil. Aqui você encontra tudo o que precisa, mas são poucas marcas, poucas lojas (ou várias das mesmas) e shopping fora da cidade (ok, de carro é muito mais perto até do que shoppings que eu ia mesmo em Curitiba).

Já me perguntaram, mas tem bar, balada aí? Tem sim! Olha, passeia nas ruas principais do centro as oito da noite de qualquer dia. É um agito só! Uma balada colada na outra, e aqui não se paga para entrar. É normal em uma noite você ir a 3,4 até 5 bares/baladinhas diferentes. Mas fique esperto, porque as 10 da noite a cozinha fecha e você só consegue beber rsrsrs.

Os cafés e restaurantes da cidade são ótimos…Wellington é famosa pelos seus cafés. Aqui tomei o melhor cappucino e o melhor chai latte da minha vida. JURO. E diferente dos EUA, o café aqui é muito bom.

Como você pode ver, caro leitor, existem vários motivos pelos quais você não vai gostar de morar na Nova Zelândia…mas muitos deles são exatamente os motivos que me fizeram ser apaixonada por esta terra.

Como gosto, religião e futebol não se discutem, deixo à seu cargo decidir se você vai se apaixonar por aqui. Ou se não deve nem chegar perto da agora, também minha, Wellie.

4 thoughts on “Porque você não vai gostar de morar em Wellington, Nova Zelândia

    • Fabi Ormerod says:

      Concordo…mas acho muito importante saber como é o lugar. Muita gente não curte nada do estilo de vida daqui. É o mesmo que eu que gostod essa vibe me mudar para um lugar como São Paulo. Vou ser uma pessoa feliz (pela minha atitude), mas em um lugar que não gosto rsrsrs.

      Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s